Screen Shot 2015-04-09 at 18.51.04

Mente sã

Há alturas do dia que são mais «críticas» e em que pensamos mais em comida. Para o distrair desses pensamentos, tente arranjar algumas estratégias de escape, como por exemplo dar um passeio, dedicar-se a tarefas domésticas ou até mesmo ler um livro. Em casa, há a tendência de petiscar entre refeições, nas horas menos ativas. Quebre rotinas, vá fazer caminhadas, mime-se um pouco, telefone a alguém com quem não fala há muito tempo, tudo aquilo que sirva para distrair o pensamento da dita «fome».

Faça também uma lista semanal de refeições, mas não lhes atribua toda a sua carga emocional. Tente relaxar e pensar em comida como qualquer outra coisa perfeitamente normal.

A IMPORTÂNCIA DO APOIO EMOCIONAL

Quando se está perante um processo de perda/manutenção de peso é importante que a família, ou as pessoas mais próximas, se apercebam desta mudança e que também façam parte dela.

É essencial que as refeições sejam partilhadas com quem vive consigo, uma vez que se esta mudança não for acompanhada, o seu estado espiritual e emocional pode ser muito afetado. Na medida do possível, as «tentações» devem ser evitadas, pelo menos nas refeições conjuntas, uma vez que assim se torna mais difícil o cumprimento do seu plano e dos seus objetivos.

Screen Shot 2015-04-09 at 19.05.13